• Promover, organizar e realizar iniciativas de índole cultural, recreativa e/ou social que visem sensibilizar e mobilizar a sociedade civil, empresas e outras instituições na procura de respostas a situações de emergência social.

 

Neste momento, a Casa da Alegria acolhe e acompanha 15 mulheres e crianças doentes vindas dos PALOP, que no seu país não encontram os tratamentos que necessitam. 

Somos uma associação sem fins lucrativos que surge da vontade comum dos seus associados, de criar formas de minimizar os desequilíbrios sociais e culturais que se fazem sentir na nossa sociedade. Moveu-nos o acreditar e confiar que uma gestão, de recursos materiais e humanos, diferente da que é habitual, pode auxiliar um maior número de pessoas, de uma forma: 

+ Económica, + Rápida, +Eficaz, + Humana.

Os nossos objectivos passam por:

  • Dar apoio em situações de vulnerabilidade e pobreza extrema que exijam respostas de solidariedade social integrada e multidisciplinar – alojamento, alimentação, apoio psicológico e apoio social, entre outros, actuando tanto em Portugal como nos países de origem, com o intuito de colmatar as diferenças sociais e ajudar os que mais necessitam.

 

  • Colaborar com outras entidades que trabalhem em prol de populações mais carenciadas, tanto em Portugal como em outros contextos onde a ajuda humanitária seja emergente.

Sem título-7-01.png

SOBRE NÓS

aguarela.png